Os agentes da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) realizaram entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro mais uma edição da Operação Silere. A ação, realizada em parceria com a Guarda Municipal, as polícias Civil e Militar e a Transalvador, resultou na emissão de 23 Termos de Apreensão de Bens (TABs), que geraram o confisco de 68 equipamentos sonoros. Foram lavradas, ainda, quatro notificações e 26 multas. Os agentes da autarquia fiscalizaram 22 localidades: Saboeiro, Cabula, Pernambués, Estradas das Barreiras, Tancredo Neves, Mata Escura, Dom Avelar, Castelo Branco e Cajazeiras V, VI,VII , X, Águas Claras, San Martin, Bom Juá, Fazenda Grande do Retiro, São Caetano, Campinas, Marechal Rondon, Pirajá, Alto de Ondina, Barra (Roça da Sabina), Vasco da Gama, Fazenda Garcia e Federação. Na rua Lídio Santos, em San Martim, dois estabelecimentos comerciais foram autuados por emitir ruído acima do permitido por lei.Os responsáveis ainda tiveram a aparelhagem sonora apreendida. Para denunciar casos de poluição sonora, o cidadão deve entrar em contato com a Sucom, através do 2201-6660. O atendimento é 24 horas.